10 itens que não podem faltar em um sistema de gestão

Sistema de gestão

A tecnologia avança em velocidade absurda se comparada aos tempos antigos e, sem sombra de dúvida, as empresas se favorecem dessa evolução acelerada, com os recursos que são implementados, os setores se tornam integrados e o trabalho fica cada vez mais simples de ser executado.

Os grandes responsáveis por esse avanço e integração são os sistemas ERP, que vem proporcionando organização para as empresas, isso sem falar da modernização de processos que acabam agregando inteligência para a empresa.

Mas esses sistemas devem ser analisados com calma antes de serem adquiridos, pois alguns itens devem ser levados em consideração para que a empresa faça a escolha certa na hora certa. Então vamos entender quais são os 10 itens que não podem faltar em um sistema de gestão:

 

  • O sistema deve ser em nuvem: Esse é um ponto primordial. O sistema deve ser em nuvem para atender o empresário de qualquer lugar que ele esteja, proporcionando mobilidade e acessibilidade, fazendo com que o empresário e o corpo de colaboradores possam acessar a informação de qualquer lugar.
  • Deve ser responsivo: O sistema deve ser capaz de ser acessado de qualquer plataforma, independente se o dispositivo for um smartphone, tablet, notebook ou desktop. Dessa forma fica mais fácil acessar informações da empresa em caso de urgência.
  • O sistema deve funcionar integrado: O software deve trabalhar com integração entre setores, proporcionando gestão total do negócio, transitando informações entre os departamentos e unificando o fluxo empresarial. Com isso, a empresa fica sempre conectada e pronta para retornar às etapas dos processos em tempo real.
  • Dashboard: O dashboard é uma tela sintética com informações primordiais para o monitoramento da empresa, e sem dúvidas é indispensável nos dias de hoje. Se atente e procure saber se o sistema que está adquirindo conta com um dashboard que exibe informações em tempo real.
  • Integração financeira: Tenha certeza que seu sistema é totalmente integrado com o departamento financeiro. Verifique se ele é capaz de gerar boleto e realizar o controle de fluxo de caixa, despesas e receitas e a integração com notas fiscais. Esses recursos se tornaram básicos nos dias de hoje, então fique atento.
  • Gerenciamento de serviço: Se a sua empresa for uma prestadora de serviços fique atento, verifique se o sistema contempla todo o processo de prestação de serviços e se faz a gestão das Ordens de Serviços (OS).
  • Módulo de produção: Para quem trabalha com produção é sempre bom se atentar se o sistema é capaz de gerenciar os insumos e as etapas de produção para que dessa forma não se perca na hora de fabricar o produto da sua empresa. Mas lembre-se, é sempre bom garantir que esse setor estará ligado ao setor de compras e ao departamento financeiro.
  • Controle de estoque: Realizar o controle de estoque é muito importante para a gestão de qualquer negócio, principalmente o controle de estoque mínimo e máximo. Então fique ligado nesse módulo e veja se ele está integrado com o setor de compras.
  • Módulo de vendas: Toda empresa precisa vender e para isso é importante que seu sistema contenha um módulo para realizar essa tarefa. Dessa maneira fica mais fácil de lembrar o histórico de orçamentos e acompanhar a meta de vendas.
  • Desenvolvimento personalizado: Esse recurso é polemico entre os sistemas SaaS, mas é extremamente importante. Nos dias de hoje as empresas vêm se reinventado com novas ideias e o sistema precisa estar preparado para receber essas novas demandas. No entanto é necessário que a desenvolvedora do sistema possua um time de programadores aptos para realizar o desenvolvimento personalizado de módulos especiais para a sua empresa.

 

Saiba escolher atentamente qual a melhor ferramenta de acordo com a necessidade da sua empresa e certifique-se de que os recursos vão funcionar de forma plena e integrada com as necessidades de todos os colaboradores.

Uma solução viável é o Open Manager, um sistema ERP em nuvens que trabalha de forma integrada com todos os setores da empresa e contém todos os módulos citados acima. Faça um teste grátis para comprovar a eficiência do Open Manager.

Faça seu comentário