Como precificar produtos e serviços

Saiba como precificar seus produtos

A formação de preços de produtos e serviços comercializados por uma empresa é uma questão delicada para muitos gestores. Definir uma estratégia de preços baseada em fatores determinantes do mercado e obter um retorno financeiro almejado ainda é uma questão conflitante para empresas que estão se adaptando ao mercado competitivo do século XXI.

No contexto mercadológico, o preço é definido como a percepção de valor sobre um produto comercializado ou serviço prestado. Por isso, para definir estratégias de precificação deve se considerar a percepção do seu cliente sobre o item comercializado alinhando aos demais custos provenientes da comercialização e do próprio negócio para que os resultados do exercício empresarial gerem lucro.

Antes de precificar um produto o gestor deve considerar que este produto não pode ser comercializado com um valor abaixo de seu custo e margem de contribuição (a não ser que essa seja uma promoção para atração de clientes ou queima de estoque), o preço cobrado não pode ser demasiadamente elevado a ponto de desestimular a compra ou fazer com que o cliente busque outro fornecedor com produtos similares e preços menores, e em certos casos, utilizar preços menores pode depreciar seu produto no mercado ou fazer com que seus consumidores desconfiem de sua qualidade.

Dessa forma, o desenvolvimento da estratégia de precificação de produtos e serviços deve analisar os fatores custo, concorrência e demanda. A análise de custo envolve a apreciação de custo de produção, aquisição, comercialização (como comissões, tributos e impostos incidentes), entre outros. A análise de concorrência determina as faixas de preços cobrados no mercado para que o preço do seu produto se adeque ao mercado, enquanto a análise de demanda envolve a característica de consumo do público alvo que pode ser definida com estudos do cenário econômico e pesquisas de mercado.

Diante dessa perspectiva o gestor pode precificar seus produtos e serviços definindo um markup, ou seja, aplicando um percentual de margem de lucro sobre os custos para definir o preço praticado do produto. Alguns gestores utilizam como método de precificação o valor-teto, no qual o produto possui a maior faixa de preço que pode ser absorvido pelo mercado e o gestor opta por fazer ajustes para garantir que esse item seja comercializado e capaz de gerar lucro para a empresa.

Para facilitar a precificação dos produtos e serviços de um negócio, o Sistema Open Manager possui uma ferramenta de elaboração de preços em seu módulo de cadastro de produtos. Tal ferramenta permite ao usuário que ele determine o preço de um item comercializado, indicando se o cenário tributário (valores de impostos incidentes no produto), a faixa de markup (percentuais mínimo e máximo para a formação do preço) e o valor de custo de produto para a formação automatizada do preço de venda dentro dos parâmetros determinados pelo gestor.

Faça seu comentário